Evasão

Duas vezes por dia entro num mundo completamente diferente, qual "jardim encantado" ou "Cloudy no País das Maravilhas". Não que surjam factos extraordinários, embora por vezes surjam alguns chapeleiros loucos pelo caminho. Como se consegue tamanha proeza? Fácil! Esqueçam a carripana em casa e aventurem-se pelo caminho de ferro, nem que isso implique fazer transbordo para outro comboio.  Claro que no meu caso eu vi-me "obrigada" a esquecer a carripana, o que me implica um maior gasto de tempo... mas, guess what... Já estou no final do terceiro livro que tinha em atraso, o que quer dizer que o passe de comboio me tem levado ultimamente até lá para as bandas do Médio Oriente. Tenho uma noção muito mais abrangente no que diz respeito à cultura e geografia da India e Paquistão. Para além disso vê-se muita gente diferente no comboio, de várias nacionalidades... muitas envoltas em toalhas e cheiro a areia, mar e bronzeador... apanham-se muitas conversas pelo meio, seja acerca da reles da vizinha do lado, do pai que mal liga ao filho... ou tentam meter conversa directamente comigo, indiferentes aos meus óculos apontados para o livro aberto que tenho nas mãos.

Pasmem-se: Já sei dar informações sobre horários, bilhetes e linhas em que se apanha o combio para X lado...

Para além de que é menos um carro a poluir o ambiente!

Bem, mas entretanto, acho que antes de entrar no novo emprego, ainda consigo dar um pulinho até à Argentina. A "viagem" pelo Paquistão e a Indía cheira-me que termina hoje...

publicado por cloudy às 15:39
link do post | favorito