Mais um?!

- "Então para quando um irmãozinho para o Gui?", perguntava-me com o ar mais descontraído deste mundo a enfermeira enquanto preparava a vacina para o rapaz.

- "Não para já certamente. Ainda é muito cedo!", dou eu como resposta quando ainda nem sei se equaciono um segundo filho.

- "Não deixe ficar para muito tarde, olhe que depois ele sente mais!"

 

 

Realmente constato algo que já sabia de antemão.... todos têm opiniões, principalmente na vida dos outros. Já ouvi de tudo, desde o "Não tenhas mais filhos porque a vida está má", "Deixa passar uns aninhos para o Gui ser mais crescido e conseguires recomeçar de novo e preocupas-te só com as fraldas de um", "Não deixes passar muito tempo que o Gui sente mais os ciúmes e assim como assim estás habituada ao ritmo"...

Pois lamento dizer que, mais tarde, a minha consciência me dirá ou não o que fazer. Posso dizer que estou bem de vida ou não para isso, que até me apetece (ou não) passar por tudo mais uma vez, que se calhar quero curtir só este filho ou curtir outro quando este já for mais velho.... Independentemente do que as pessoas possam dizer será sempre uma decisão minha (nossa), tomada não tendo em consideração as convenções dos outros.

A propósito disso encontrei um texto interessante do Dr. Mário Cordeiro. Como não deixam fazer copy/paste aqui fica o link igualmente copiado:

 

http://www.paisefilhos.pt/index.php/opiniao/mario-cordeiro/2575-vamos-ter-um-bebe

 

publicado por cloudy às 14:34
link do post | comentar | favorito